terça-feira, 29 de abril de 2008

Reparo - Cemitério



Quando escrevi o artigo chamado "a dessacralização do cemitério" chamaram-me a atenção para um pormenor que por descuido não mencionei. O muro do cemitério, onde hoje está desenhada uma linha amarela de proibição de estacionamento, era pontuada por cruzeiros provenientes do calvário demolido entre o Largo da Lapa e o início da Rua do Pinheiro. Aqui fica questão da mesma forma que me foi formulada: "Onde param os cruzeiros do cemitério?"

1 comentário:

numa disse...

Pergunta pertinente. Parece-me que a resposta estará num depósito da Câmara Municipal. Um descampado acessível por uma rua junto ao posto da GNR de Ponte de Lima que vai em direcção ao monte de Sta. Maria Madalena.