quinta-feira, 24 de julho de 2008

O prédio mais estreito



foto: José Marinho (cerca de 1925)


A sina deste prédio recorda-me o drama do prédio mais estreito da Europa localizado em Lisboa e que, com o seu 1,60m entre paredes, não conseguiu escapar à sentença de demolição. Situado no quarteirão entre a Rua do Rosário e o Largo da Feira, este imóvel será o mais estreito proporcionalmente à sua altura dentro do perímetro do centro histórico. Esta singularidade era originalmente mais acentuada até à criação do Largo da Feira que, por volta de 1930, veio soterrar o piso térreo a todos os prédios voltados ao rio. Perdeu-se assim um dos acontecimentos urbanísticos mais interessantes da vila com um jogo de circulações desniveladas em que a ponte medieval ligava directamente ao Largo de Camões e paralelamente a este, o actual Passeio 25 de Abril processava-se sob a ponte medieval fazendo uma transição mais equilibrada para a Avenida de S. João. Uma forma mais inteligente de aproveitamento das potencialidades dos arcos da ponte; actualmente úteis simplesmente ao sombreamento de automóveis.

Tipologicamente este tipo de prédio de planta estreita, alongada e com vãos doseados constituem interessantes casos de estudo na forma como é resolvido o programa da habitação de carácter tão compacto e "ginasticado". Actualmente encontra-se em ruína.

5 comentários:

Eduardo Cerqueira disse...

Excelente história.

Abraço desde Paredes de Coura

www.paredesdecoura.blogs.sapo.pt

numa disse...

Ainda para mais quando o exterior não transparece o interior que estava construído por um género de patamares. Os compartimentos do lado da rua do Rosário em relação aos da feira do gado formavam como que umas escadas.

Anónimo disse...

alguém sabe quem é o proprietário do prédio?

André disse...

O interior do prédio está bastante degradado e não consegui compreender como era feira a compartimentação mas acredito que seja interessante. Não tenho conhecimento de quem será o proprietário mas julgo que há tempos a varanda do lado do Largo da Feira continha um aviso de licença de obras .

numa disse...

Penso que o proprietário será o Lar de Nossa Senhora da Conceição